sábado, 6 de agosto de 2016

Por um futuro mais gerível

Não ser previsível é um factor surpresa, para haver vitória em modo competitivo, como foi o caso do jogador português Quaresma no jogo contra a Arménia.
Fora disso e em muitas situações do dia-a-dia devíamos esforçar por um futuro mais previsível.
Um dos truques é não haver dúvidas acerca das crenças, seguindo as crenças, outro truque é não ignorar os outros, etc. É suposto a universidade ser uma fonte de conhecimento de ponta.
Posso dizer ainda que procuro ser flexível.
No entanto, o modelo de pensamento BDI falha com pessoas do tipo surreal.

Sem comentários:

Publicar um comentário